ENGAJAMENTO E RESULTADOS: QUAL É O SEU PAPEL NO PROCESSO?

by Elizangela Barbosa

ENGAJAMENTO E RESULTADOS: QUAL É O SEU PAPEL NO PROCESSO?

by Elizangela Barbosa

by Elizangela Barbosa

O momento da mudança é agora comece hoje não deixe para amanhã

Nos dias atuais, mediante  às circunstâncias que o mercado vem atravessando, as empresas querem mais do que nunca alcançar bons resultados.

Bons resultados são possíveis como? Essa equação não é difícil de ser respondida, mas requer empenho de todos os profissionais envolvidos, para ser colocada em prática, é preciso ter uma relação quase que simbiótica com a equipe para  que eles apareçam.

As empresas com resultados mais consistentes são as que possuem um time engajado com o seu negócio e somente você empresa e gestão são capazes de construir  e sustentar times vencedores.

Pesquisas a nível Brasil indicam que a cultura e gestão organizacional necessitam de mudanças.

  • 12%, das pessoas são ativamente desengajadas: espelham a negatividade a respeito de sua organização;
  • 61%, das pessoas são desmotivadas: sem perspectivas de realizar esforço extra;
  • 27%, das pessoas são engajadas: altamente produtivos e comprometidos em prover valor para sua empresa.

A maior parte está apenas fazendo e entregando com muita dificuldade seus números, sem trazer inovação sem interagir e se comprometer de fato com a empresa, se a empresa continuar com a mesma cultura com a mesma forma de gerir e ainda contando com a crise atual que estamos vivenciado esse número vai migrar para os ativamente desengajados.

Outra pesquisa recente realizada nos Estados Unidos e que nos chama muita atenção: eles gastaram em  2015 cerca de $ 160 bilhões com treinamentos e globalmente $ 350 bilhões.  De imediato a mudança é visualizada por indicadores  com melhores resultados, mas pouco tempo depois as pessoas voltam ao seu antigo jeito de fazerem as coisas e os investimentos vão por água a baixo.

Porque as pessoas não estão engajadas e desmotivadas? Treinamentos e investimento em educação de funcionários são fornecidos o que está ocorrendo? É preciso reforçar o esforço coletivo para que ele seja destacado.

Como podemos mudar este cenário?

A cultura organizacional precisa superar barreiras e promover uma mudança para os dias atuais, transmitir clareza e segurança em relação a estratégia e valores, criar um contexto favorável de aprendizagem, engajamento e crescimento.

Os colaboradores precisam de uma cultura e gestão inovadora, que receba e saiba lidar com o novo perfil profissional, os profissionais não são somente executores, precisam ter satisfação pessoal para responder positivamente às expectativas da empresa. Estamos em uma era onde buscam apoio, participação, poder de ação e querem ser ouvidos (satisfação). Somente desta forma se sentirão parte efetiva dos resultados, a motivação não está somente ligada a salário.

A cada pesquisa realizada a respeito dos temas, os resultados confirmam este dilema vivenciado por empresas de pequeno, médio e grande porte, nacionais ou multinacionais e os investimentos continuam sendo alocados de forma contrária.

De nada adianta investir no meio ou no fim, se o sistema (empresa e alta gestão) não estiver preparado e disposto a promover a mudança de comportamento individual, o número de ativamente desengajados com o seu negócio irão aumentar havendo impacto direto  nos  resultados.

A empresa e alta gestão necessitam sair da zona de conforto e praticar o aprendizado antes dos times receberem os treinamentos, somente assim serão capazes de motivar e apoiar seus times.

Empresa onde quer estar daqui a 5 anos? Qual seu estado atual e seu estado desejado? O momento é este “quebra de paradigmas”, cultura construtiva e participativa, consequentemente colaboradores engajados em seu negócio gerando resultados sustentáveis.

Gestor que time você quer fazer parte? Que momento ser gestor em que momento ser coaching? Somente um profissional que tem equilíbrio emocional, autoconhecimento, ferramentas e métodos consegue transitar entre as linhas da gestão e do coaching, sendo capaz de aplicar eficientemente uma gestão situacional, motivando e apoiando sua equipe.

A união de ambos, empresa e gestão caminhando juntos em um único propósito: Desenvolvimento pessoal sustentável = Resultados sustentáveis.

“Se você quer 1 ano próspero, cultive grãos. Se você quer 10 anos prósperos, cultive árvores. Se você quer 100 anos prósperos, cultive pessoas” Provérbio Chinês.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top